segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Onde amar ao próximo e fazer o bem é sinônimo de loucura.


Tantos temas para serem discutidos e eu vou bater na mesma tecla pela trigésima vez!
Se meus comentários realmente funcionassem, de repente eu não estaria aqui falando sobre o mesmo assunto. Mas como diz minha queria amiga e conselheira Clarice Lispector: "Enquanto eu tiver dúvidas, continuarei a escrever." E cá estou eu.
Cada dia que passa, aprendemos mais um pouquinho, e quanto mais eu penso no tema "mundo" não consigo chegar a uma conclusão definitiva. Realmente não tenho opinião formada, e sim "acho" muita coisa.
O motivo maior desse post é realmente esse: Esses dias, eu estava indo ao shopping, de ônibus. Estava lotado, mas com sorte consegui um local para sentar. Entrou um senhor de idade, ou seja, um idoso, e eu fiz o que me cabia  naquele momento, o que na verdade é obrigação de todo o jovem, dar o lugar. Nossa. Quando eu fiz isso o cobrador ficou me olhando como que se meu ato fosse algo paranormal, o que na verdade deveria ser comum.
O cobrador e um outro moço começaram a conversar coisas do tipo: "Nossa, que adolescente estranha." "Deve ser louca, ninguém no seu estado normal daria seu lugar nesse ônibus lotado, para ficar de pé." E outro adolescente teve a audácia de falar: "Como tu é burra!"
Que absurdo isso!
Muitas vezes sou tratada como louca, uma total e completa demente por fazer o bem, ou apenas "cumprir com a minha obrigação."
Por isso eu me pergunto em que mundo estamos vivendo? Que ponto chegamos? E a que ponto chegaremos agindo dessa forma?
Tenho sorte de não ser a unica que pensa assim, existem muitas pessoas boas nesse mundo, a quem todos deveriam seguir. O mundo precisa de pessoas boas, pessoas conscientes. Que tenha noção do que é certo ou errado.
Chegou o tempo de modificarmos nossas atitudes, não é possível continuar assim, como se fôssemos primitivos. E por favor, não tente convencer o outro a mudar, que comesse essa mudança por você!
Já cheguei muitas vezes a conclusão de que eu gostaria mesmo é de fugir, fugir desse mundo de normais, onde amar ao próximo e fazer o bem é sinônimo de loucura!

Um comentário:

  1. Minha filha querida, que bom que todas as loucuras fossem essa...
    Mas fazendo a nossa parte, como tu mesmo falou, é o principal, porque como disse Emmanuel, através do nosso inesquecível Chico Xavier "A palavra educa, mas o exemplo arrasta..."
    Te amo
    Nizeti

    ResponderExcluir