domingo, 9 de maio de 2010

Nizeti Fontana, feliz dia das mães!

Como diz Mario Quintana: "São três letrinhas apenas e nelas cabem o infinito".
Ah! Minha mãe, como falar de uma pessoa tão linda, meiga, incrível e que consegue transformar o mais triste dia na mais engraçada piada. A única que me ampara quando preciso, que passa a mão na minha cabeça quando não deve, que faz do meu dia o melhor de todos.
Minha mãe é aquela que diz: "Se tu sair com esse "pingo" de roupa na rua eu não vou te dar remédio", fazendo com que eu volte e pegue um casaco. Aquela que quando diz "não" na verdade, está morrendo de vontade de dizer "sim", porém, entende que esse "não" é necessário.
O que significa mãe? Uma imensidão, um nome tão pequeno, mas que cabe milhões.
Minha mãe? A melhor de todas, se um dia reclamei dela me arrependo, olho e penso: "Minha mãe é a melhor."
Dia das mães? É sempre.
Queria agradecer a todas mães, pois são por elas que estamos aqui, e são elas que estão do nosso lado, seja nos momentos ruins ou nos momentos bons, é aquela que nos da amparo, e não é qualquer um que tem a capacidade de ser mãe.
FELIZ DIA DAS MÃES!

Um comentário: